0

0

quarta-feira, dezembro 09, 2015

(In) Constante

Tenho fotografado com mais frequência, mesmo ainda ciente de que não fotografo nem metade do que tenho vontade.
Ainda sou indisciplinada em relação ao registro fotográfico.
Ter um local a visitar e revisitar ou um recurso a experimentar é estimulante, mas seja por indisponibilidade ou indisciplina ainda estou no caminho da almejada disciplina ou de fotografar com mais frequência.
Uma dificuldade também foram as mudanças de celular e nem sempre me sentir segura para retirá-lo da bolsa e fotografar.
Mas ao observar os registros feitos em 2015 vislumbro com prazer o crescimento da quantidade e das  fotografias que me tiram o fôlego.

Meu Sonho

Não tinha noção quando criança de que ir a praia em alguns dias significava viajar para outra cidade. Lembro de tentar decorar o nome das localidades no caminho, para reconhecer onde terminavam e começavam. Jacarecica, Guaxuma, Garça Torta, Riacho Doce, Sereia, Pescaria, Ipioca, Paripueira e Sonho Verde.

Uma paisagem ao qual me afeiçoei, conheço praias e cidades ao sul e ao norte, mas sou apaixonada pelo litoral norte da minha cidade e do meu estado. 

O Sonho Verde é uma morada praieira, também uma inspiração, minha referência de bela paisagem. 

(Inacabado, escrito em fevereiro de 2015.)