0

0

quarta-feira, setembro 26, 2007

Pôr-do-sol em Penedo


Ali em dois, mas não em duo
Por desejo, por ímpeto, e o medo
Um deliciamento de um momento que não passou daquele segundo

Contato, tato, destrato, desencontro
Alguns prazeres, outros nem tanto
Cadê aquela harmonia, sintonia, calmaria?

Muitos desconcertos quase sem conserto
Minha sintonia tava diferente da sua
Eu percebi, e você?

As carícias que tanto me encantaram, onde estavam?
A química deixou de ter lógica
A lógica era já não ter mais química

O desejo se expressando cruamente
melhor com mais jeitinho, com mais carinho, mais bonitinho

sexta-feira, setembro 21, 2007

Onde está o que tanto procuro?!


Será que tô procurando mesmo?
ai ai ai ai ai
Porque não pode ficar bem como está?
E porque eu tenho que saber como é que está ou como é que tem que ficar?
E se me apontarem para onde ir, o que fazer e como seguir?

Qual é a próxima saída?!


Meio sem rumo, sem muitos obstáculos
Meio sem informação, mas não é por ausência de comunicação
Meio sem escolha, mas as opções estão a aparecer
Meio sem imagem, mas não é por estar embaçado
Meio sem imaginação, talvez por desejar demais
Meio sem preocupação, e prestação e desilusão e confusão
Meio, um meio, só meio, ao meio, do meio e para o meio

segunda-feira, setembro 10, 2007

O que dizer...


By Lisandra
Foto surpresa de um dia feliz
Palavras não faltam, nem sorrisos ou olhares...
MAs é tudo muito confuso...
Confuso pois são dois, confuso pois são desencontrados,
confuso porque sempre se complica,
a gente que complica...
Vê um pouco diferente, chama de confusão e acha q fica por isso mesmo...
Mas é melhor deixar rolar, vai deixa?
É melhor abusar das palavras, dos sorrisos, dos olhares, das carícias, mas não abusa mto do silêncio não, nem da distância, sim?

domingo, setembro 09, 2007

Contra-luz

O que seria de mim sem amigos?
O que seria de mim sem câmera fotográfica?
O que seria de mim se eu naum gostasse de escrever?
O que seria de mim sem a minha espontaneidade?
Se eu naum fosse doida o suficiente p curtir o encontro com os meus amigos até o talo...
O que seria de mim sem a minha onipresença?
O que seria que seria que seria de mim?
Mto sono mesmo

sábado, setembro 08, 2007

Parecido



Certas felicidades são melhores que uma felicidade certa...

Um felicidade certa lhe prende, mesmo sem rigor ou amarras

Certas felicidades são vivenciadas a cada instante, livre, leve e solta


Mas então como conseguir um equilíbrio
Satisfazer os desejos sem se sentir preso
Curtir aquela boca parecida com a sua
Desfrutar daqueles sorrisos que vc não acredita que são provocados por vc
Cruzar olhares, palavras e carícias
Será que é só convidar, se aproximar ou tem algum segredo?

quarta-feira, setembro 05, 2007

Me pegue com jeitinho e me beije com carinho...

Esse era o meu desejo ontem... Talvez o meu desejo desde sábado...
Ser pega de jeito... ai ai ai ai ai (rs)
pior que tinha uma pessoa em específico que me fez desejar tudo isso, só que não rolou

E os dias foram passando e conversas sérias de outra procedência aconteceram, definitivamente esse ano não deixa de me trazer surpresas, só coisas loucas, novas/velhas, e inspiradoras em minha vida...

Mas apesar de experimentar emoções diferentes, e não estar me sentindo tão serilepe ontem, eu ainda tinha o mesmo desejo de sábado, e eu estava ao lado de quem poderia realizar o meu desejo, mas não rolou (rs)

E o desejo persiste...