0

0

domingo, janeiro 03, 2016

Mas você só fotografa reflexo?

Quem alimenta uma paixão sabe que pode não ser tão fácil enxergar e se apaixonar aquém do objeto desta paixão.

O meu relacionamento com o reflexo é assumido, e em muitos momentos penso que quero alimentá-lo pro resto da vida.

Por vários momentos ao longo desses quatro anos o meu olhar se fixou por um tempo em determinadas superfícies reflexivas (poças, bolas de natal, caleidoscópios, entre outros), e sim tive dificuldade de enxergar além, até que enxerguei e me encantei com o que encontrei refletido pouco depois.

O gratificante foi me permitir enxergar a cada reencontro com o reflexo uma oportunidade de conhecer ou reconhecer o que estava registrando. Gratidão que mal consigo dimensionar por tudo que vivi e tenho amadurecido.

A fotografia é parte essencial desse relacionamento, mas dentro do meu aprendizado e relacionamento com a fotografia ainda consigo não só fotografar reflexo. No entanto, só fotografar reflexo é o que mais me deixa sem fôlego, estimulada a continuar fotografando, e o que mais tenho prazer em compartilhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário