0

0

sexta-feira, fevereiro 05, 2016

Com afeição

Expor as minhas fotografias vem se reafirmando como uma necessidade há alguns anos. 
Em 2014 para atender parcialmente essa necessidade e plantar publicamente sementes de um exposição tive a inspiração de criar a comunidade fotográfica Diário Refletido. Por mais que a minha percepção buscasse dimensionar os frutos dessa comunidade, muito deles não seriam imaginados.

Desenhei em minha mente o compromisso de atualizar diariamente aquela comunidade, um exercício de disciplina que duvidava se conseguiria manter por tempo indeterminado, e que hoje é orgânico. Meu dia só fica completo quando paro e preparo o que vai sair no Diário. Inconscientemente estava também me comprometendo a estudar a fotografia, a mergulhar incansavelmente nas minhas, e a delirar multiplamente com tantos momentos fixados no olhar e no coração.

A gratidão está comigo desde aquela madrugada em que fiquei terminando de criar a comunidade, ganha corpo e preenche o meu peito a cada novo dia e a necessidade de expor as minhas fotografias ganha força para visar outros horizontes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário