0

0

sexta-feira, janeiro 21, 2011

Pedaços de mim

A partir do momento que comecei a usar a máquina fotográfica para registrar os momentos de minha vida, ficou difícil de não querer fotografar cada vez mais, chegando ao ponto dos amigos denominar a minha máquina como "extensão do meu corpo". Contudo muito momentos só ficam registrados na memória mesmo.

Tava olhando o meu mural de fotos, pois é finalmente tenho um. Com a digitalização das fotografias, tornou-se menos costumeiro o ato de revelá-las. E observar o mural me dá alegria ao vislumbrar os pedacinhos feitos por mim ou dos quais fiz parte.
Como essas três aqui, fotos da equipe que participou da filmagem do meu filme de aniversário de 2010. Foram três dias loucamente intensos e maravilhosos.
Cia do Chapéu, amigos queridos. 
Panan filmes parceiros dedicados. 
E entremeios que é reflexo do carinho entre amigas do peito.

Essas são fotos do  meu olhar e meus experimentos.
Essa aqui no canto, da projeção, foi a primeira vez que peguei numa câmera e fui filmar (foto de Tuca Siqueira).
O primeiro mobile de origami que fiz para minha irmazinha.
Meu ensaio com bola de sabão.
E essa galega linda é minha amada Lollipop.

Abaixo o mural completo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário