0

0

sexta-feira, fevereiro 16, 2007

Sempre mudando

Minhas conversas sempre são as mesmas, mas as experiências vivida não.
As pessoas com quem convivo sempre deixam marcas, boas ou ruins.
Ontem eu relembrei o meu repertório de experiências, ao menos uma parte dele, pois encontrei alguém disposto a me ouvir e a me fazer ouvir também, foi uma amiga, não foi especial p era minha amiga, mas pq até aquela conversa ela não o era.
E eu vi boa parte das grandes experiências vividas serem proferidas no meu relato ou desenvolverem-se em meu pensamento.
Fiquei em clima nostálgico, fazer o que?
Ganhei ou cultivei uma amizade naquele momento.
Vi o quanto eu gosto de viver, de falar, de observar as coincidências.
De ver o presente através do passado, ou o passado através do presente.

São quatro anos de UFAL.
São seis anos de curtição, de lembranças memorabilíssimas.
São irmãos, são amigos, são convivências.
Sou eu, e o que ainda vou ser, vou poder, vou viver, vou lembrar, vou...

Um comentário:

  1. permita-se atualizar isso aqui.


    e nem pense em cobrar o mesmo. tempos e propostas diferentes.


    bjo

    ResponderExcluir