0

0

segunda-feira, maio 14, 2007

Meu desvelar em você e o seu desvelar em mim

"Mergulhe na doce melancolia do que tem acontecido..."

Esse convite me fez escrever, ou ao menos tentar.
É difícil lidar com as perdas e os ganhos, mas o que não é difícil?! Duro acreditar que a culpa por algo que não deu certo não é exclusivamente sua. Que os seus defeitos não valem mais do que suas qualidades. Que estar sozinho é saudável e necessário, principalmente para potencializar um relacionamento. Que estar junto é a melhor coisa do mundo com seus altos e baixos, ou até com os meio termos.

Sempre são muitas coisas, muitas pessoas, muitos sentimentos, muitas palavras, muitos silêncios.

Mas há uma semana eu comecei uma nova fase, uma nova fase dentro de uma fase já muito boa, pois permanecer na UFAL esse ano, o 5º ano, o ano fanta, foi a melhor coisa que poderia ter me acontecido.
E p completar eu encontro por acaso uma sintonia, algo além do que eu sempre quis e sempre procurei. E deixo que façam a minha vida ficar de pernas p ar, sem nem imaginar o quão bom isso seria, pois é está sendo maravilhoso...

Os olhares já disseram muito desde o princípio, o entrosamento foi imediato, mas exigimos que as coisas façam sentido, tenham explicação, lógica, obedeçam a um raciocínio... O que nos permite ir mais a fundo, mas tb nos faz ter receio... Eu com minha intensidade nunca fui muito de dar vazão ao receio, e olha q me considero uma pessoa medrosa, mas a vida que pulsa em minha espontaneidade vence o medo sempre que preciso...

Com a convivência só apareciam coisas melhores, sorrisos, gracejos, reconhecimento, identificação, desejos e de minha parte até sonhos, vislumbrar um futuro tão sontonizado quanto o agora demonstrou que pode ser, ai ai ai ai ai Porque não pode ser sempre mais?! Deve ser sempre mais...

E as palavras, os momentos e o sentimento, tudo tão doce, tudo tão melancólico, tudo tão especial. Nada apagaria, nem apagará. O que eu comecei a aprender, eu não vou esquecer. O que eu permiti que me conhecessem me fez alguém tão melhor, ou me fez eu, em tão pouco espaço de tempo, parecia até uma eternidade, ainda na melancolia da lembrança parece.

E esse gostinho de quero mais que eu nunca tinha sentido tão verdadeiro e paupável, e a reciprocidade que eu não acreditava ser possível, a beleza no estar junto, o ser cúmplice q eu ainda não conhecia, e o desejo, o carinho, o olhar, o sorriso, os cachos, e vc...

E vc?!
Eu só posso responder por mim,
eu posso e vou esperar por vc.

2 comentários:

  1. ano fanta? não entendi essa

    "Que estar sozinho é saudável e necessário, principalmente para potencializar um relacionamento. Que estar junto é a melhor coisa do mundo com seus altos e baixos, ou até com os meio termos."

    É, mas tá sozinho cansa... acho que já nos potencializamos demais hehe

    =***

    ResponderExcluir
  2. Anônimo10:20 AM

    Quando quero escrever aqui... nunca funciona... mas que coisa

    ResponderExcluir